Editora do Autor de Best–seller do New York Times e Best–seller Internacionais, L. Ron Hubbard

Congresso do Estado do Homem

 Congresso do Estado do Homem

Congresso do Estado do Homem

Começando com o Livro Um em 1950 e continuando por todos os anos seguintes, esta foi uma década de descobertas monumentais e de tecnologia extraordinária na direção do objetivo de Clear. Aqui, encontra-se então, o Congresso que lançou a década seguinte e que direccionou a totalidade de Scientology para: Thetan Operante. Tudo se seguiu à definição de OT como “causa consciente e voluntária sobre todas as dinâmicas”. Porque, enquanto todos os esforços anteriores estavam direcionados para aclarar pessoas na Primeira Dinâmica, L. Ron Hubbard abriu este com o anúncio surpreendente: “Aquilo com que cheguei a este congresso foi como aclará-las na Primeira, Segunda, Terceira, Quarta, Quinta, Sexta, Sétima e Oitava dinâmicas.” Embora ainda mais surpreendente fosse a descoberta que possibilitou isso: Responsabilidade e a tecnologia de Overts e Ocultações. Aqui, encontra-se, então, tecnologia que abrange cada dinâmica desde o indivíduo, ao casamento e governos inteiros. Aqui também se encontra um olhar muito longo à sequência overt–motivador que se estende ao longo de dezenas de vidas, e a razão porque a linha do tempo completa parece tão obscura. Finalmente, aqui está, conferência após conferência, cada uma delas agora lendária por direito próprio – desde Responsabilidade, Overts e Ocultações, Porque é que as Pessoas não Gostam de Vocês e O Vosso Caso. Uma tecnologia retirada da primeira pesquisa OT do Sr. Hubbard e o ponto de arranque-ruptura crucial nos ganhos de caso – aqui encontra-se a chave da responsabilidade por todas as dinâmicas e, portanto, a sua rota até ao Estado de OT.

Leia Mais
adquira
160€
Envio Gratuito Atualmente elegível para envio gratuito.
Em Stock Envio dentro de 24 horas
Formato: CD
Conferências: 9

Mais sobre Congresso do Estado do Homem

Se a definição de Thetan Operante é causa voluntária e com conhecimento sobre todas as dinâmicas, então podemos ver de imediato que responsabilidade tem que andar de mãos dadas com a criação de um Thetan Operante. – L. Ron Hubbard

Os anos 50: começando com o Livro Um e continuando através de cada ano consecutivo – um caminho marcado por descobertas monumentais após descobertas monumentais, tecnologia decisiva após tecnologia decisiva, na direção de um único objetivo: CLEAR.

Os anos 60: uma década que começou com um objetivo novo e ainda mais glorioso: THETAN OPERANTE (OT).

Eternidade: Quando se olha para trás, como OT, para onde começou: O CONGRESSO DO ESTADO DO HOMEM.

Era esta a magnitude do Dia de Ano Novo quando L. Ron Hubbard voltou a subir ao palco do Hotel Shoreham, em Washington, DC. De facto, tudo se tinha vindo a preparar para este momento, para este evento. Porque com cada passagem de ano vinha um ímpeto crescente, mas em nenhuma tanto como em 1959:

  • Desde os primeiros tempos, o Sr. Hubbard tinha sido capaz de aclarar os outros. No entanto, com descobertas revolucionárias no treino de auditores, eles agora estavam a fazer o mesmo: o aclaramento individual tinha-se tornado uma realidade.
  • A sua meta seguinte era tornar isso mais rápido e fácil, para que ainda mais pessoas pudessem ser aclaradas. No último ano também isso se tinha conseguido, com os meios para o aclaramento generalizado de milhares em simultâneo: através de co-audição.
  • E finalmente, também em 1959, o seu estabelecimento de uma sede administrativa para servir como uma base estável para toda a futura pesquisa e o centro de disseminação central para a divulgar por todo o lado: Saint Hill Manor em Inglaterra.

No entanto, se 1959 já tinha presenciado um turbilhão de atividade, então esta tornou-se um furacão quando ele terminou o ano com uma viagem de 30 dias à volta do mundo a cada Organização Central: Scientology tinha-se tornado um movimento global.

Mais ainda, porque embora a viagem global tivesse servido para consolidar as extensas atividades de Scientology, o seu propósito tinha um significado muito maior, devido ao lugar para onde o Sr. Hubbard se dirigia agora com a sua descoberta da diferença essencial entre Clear e OT. Porque embora Dianética tenha começado com o aclaramento de um indivíduo, Scientology já se tinha expandido ao longo de todas as dinâmicas. E essa foi a grande descoberta respeitante a OT e à sua consecução:

“Temos estado a tentar levar pessoas a Clear na Primeira Dinâmica, e podemos levar pessoas a Clear na Primeira Dinâmica, mas elas não são Clear na Segunda e Terceira, posso dizer-vos.

“E aquilo com que cheguei a este congresso foi como aclará-las na Primeira, Segunda, Terceira, Quarta, Quinta, Sexta, Sétima e Oitava Dinâmicas.”

Aqui está, então, a tecnologia que mudou todo o impulso de Scientology e agora abrange a Ponte desde os níveis inferiores até aos mais altos estados de OT.

Por outro lado, aqui está a tecnologia que abrange todas as dinâmicas – do indivíduo ao casamento, e de grupos e organizações a nações inteiras.

Na verdade, esta tecnologia é tão inerente ao que significa ser um Scientologist, que está representada no triângulo superior do próprio símbolo de Scientology.

Porque aqui encontra-se a grande descoberta: Responsabilidade.

E a tecnologia decisiva para o aclaramento planetário ao longo de todas as dinâmicas: Overts e Ocultações.

“Então aqui mudamos de irresponsável para responsável, de culpa para força e tudo num piscar de olhos.”

“Este é o novo começo de Scientology.”

E aí está o poder daquilo que L. Ron Hubbard pôs a descoberto no seu Congresso mais famoso de todos os tempos.

« Congress Lectures