Editora do Autor de Best–seller do New York Times e Best–seller Internacionais, L. Ron Hubbard

5.º ACC de Londres

 5.º ACC de Londres

5.º ACC de Londres

L. Ron Hubbard chamou-o: “O mais grandioso ganho em técnica em oito anos.” Apresentou uma antecipação do avanço sensacional no Congresso de Clearing de Londres, mas a grande aventura de sua aplicação começou no 5.º ACC de Londres. Resultou de percorrer engramas de 1947, uma técnica que ele empregara para fazer os primeiros Clears, mas que derrotara outros auditores. Mas agora, com os exercícios de treino em uso e com o facto de que outros auditores estavam a levar as pessoas a Clear, o Sr. Hubbard retornou a essas técnicas de 1947 “polidas, demonstradas e comprovadas em 1958”. Resumido numa só palavra que abrange tudo – confrontar – o Rundown de Engramas de Scientology despedaçou as oclusões da linha do tempo completa e colocou à vista no preclear padrões de experiência ocultos, a experiência necessária para resolver o caso. Ainda que o Sr. Hubbard tivesse encontrado o que chamou de caminho rápido para Clear, a sua conferência final fala do seu valor para o treino: “Vocês sabem mais agora sobre a anatomia da mente que o que nenhum outro grupo de Dianética ou Scientology aprendeu alguma vez.” E no que diz respeito ao crescendo, temos tudo aquilo neste ACC que levou ao livro, Já Viveu Antes Desta Vida? a importância do esclarecimento planetário sobre as vidas passadas e, portanto, a verdade de que cada indivíduo é um ser espiritual.

Leia Mais
adquira
480€
Envio Gratuito Atualmente elegível para envio gratuito.
Em Stock Envio dentro de 24 horas
Formato: CD
Conferências: 40

Mais sobre 5.º ACC de Londres

A audição de engramas requer do auditor, mais destreza do que qualquer outra singela atividade na qual ele possa envolver-se. Requer delicadeza, tacto, força irresistível, determinação incontestável – ao mesmo tempo aceitando as respostas. Requer que uma pessoa, resumindo, saiba o seu ofício. – L. Ron Hubbard

Era 27 de Outubro de 1958. Tendo viajado para Londres no princípio desse mês, L. Ron Hubbard entregou o Congresso de Clearing de Londres, onde anunciou aquilo que ele viria a descrever como o maior ganho técnico individual em oito anos – Audição de Engramas de Scientology. No entanto o que ele apresentou ao campo amplo de Scientology foi apenas o início daquilo que ele ia agora expor em termos de aplicação técnica. Pois com o aclaramento em larga escala sendo uma realidade devido aos grandes avanços realizados no treino de auditor, o Sr. Hubbard descobriu que a componente crucial destas realizações não tinha sido iniciar os casos num nível mais baixo, mas sim a perícia do auditor.

Assim foi que 72 auditores estudantes de nações tão longínquas como Alemanha, Grécia, Israel, Marrocos, Rodésia do Sul e Austrália estavam agora inscritos no 5.º Curso Clínico Avançado de Londres e reuniram-se no auditório da 7 Fitzroy Street, aguardando com expectativa a sua palestra de abertura. E o que eles estavam prestes a experimentar – e as perícias que eles iriam adquirir – ia não só fazer avançar o aclaramento para um novo nível, mas fornecer uma jornada de exploração e descoberta como eles nunca tinham experimentado.

Porque nas cinco semanas que se seguiram, L. Ron Hubbard instruiu esses auditores na aplicação exata da tecnologia de Scientology ao percorrer de engramas de 1947, uma técnica que ele usou nos primeiros tempos de Dianética para produzir Clears. Era um método que ele nunca tinha lançado publicamente, porque outros auditores não tinham sido capazes de duplicar os seus resultados quando o aplicavam. Contudo, tudo isso tinha mudado.

“Os métodos mais antigos requeriam perícias de audição que não podiam ser ensinadas naquela altura, mas que podem ser ensinadas agora.”

Com os exercícios de treino agora desenvolvidos e em uso e com auditores em todo o mundo a fazer Clears, o Sr. Hubbard voltou a essas técnicas de 1947, refinou-as e publicou-as “clarificadas, demonstradas e testadas em 1958”. Quanto ao que isso significava, resumia-se tudo a uma única palavra abrangente cujas ramificações para o aclaramento eram imensas: Confronto.

“A teoria de audição: O preclear perdeu a confiança na sua habilidade para confrontar a existência e as suas componentes e tem dificuldade de participação. Ele está encurralado em muitas dessas coisas em que ele falhou em confrontar ou que foi impedido de confrontar ou impediu outros de confrontar ou coisas que não existiam. Através de escalas de gradientes a sua confiança em confrontar pensamentos, tempo, vida, energia, matéria e espaço são melhorados. A regra é: ‘descobre qualquer coisa que o preclear possa confrontar e melhora essa capacidade.’”

E aí estava escrito o guião para a grande aventura que foi o 5.º Curso Clínico Avançado de Londres. Porque, tal como o Sr. Hubbard tinha previsto, foi um ACC “de estrondo”. Mas apesar do drama, o seu objetivo era equipar esses auditores com uma compreensão abrangente de todas as facetas desta nova técnica de aclaramento:

  • A História e Uso do E-Metro – como L. Ron Hubbard descobriu o E-Metro e como ele determinou as leituras de Clear masculino e feminino;
  • Leituras do E-Metro – a produção de leituras e o uso do E-Metro na deteção de engramas;
  • Locks – a sua definição, como surgiu este nome e o que faz;
  • Tipos de Imagens – Conscientemente criadas, analiticamente observadas e reativamente escondidas, e a razão por que a capacidade do indivíduo para confrontar a vida é paralela à sua capacidade para confrontar as suas próprias imagens;
  • Interesse – o denominador comum de todos os engramas que permite que eles sejam percorridos, e o porquê disso;
  • Localização de Datas – como encontrar datas no percorrer de engramas;
  • Método de Audição – as origens do que se iria tornar conhecido como Audição Amordaçada;
  • Fenómenos da Linha do Tempo Completa – a exploração feita pelo Sr. Hubbard de dados da linha do tempo completa e uma perspetiva completamente nova sobre a história bíblica da separação das águas do Mar Vermelho;
  • Linguagem – como a pessoa recupera uma língua da linha do tempo passada.

E considerando que estas novas técnicas mostraram ser tão poderosas que oclusões da linha do tempo se desfizeram – com todo um padrão de experiência oculta, a experiência necessária para resolver o caso, posta à mostra em preclears – da maior importância era que o Sr. Hubbard tinha agora construído aquilo a que ele chamou o caminho rápido para Clear.

Apesar de tudo o que esse ACC representou em termos de um novo nível para o percorrer de engramas, ele também é memorável pelo que essa audição revelou. Porque se a crença em vidas passadas era então vista pela maioria da população como a opinião de uma mera meia-dúzia, hoje em dia já não é esse o caso. Por essa razão, só é preciso olhar para o que L. Ron Hubbard forneceu ao revelar ao Homem uma área completa de experiência anteriormente tapada da sua vista. Como prova disso, as experiências de vidas passadas reveladas durante essas viagens de exploração da linha de tempo completa são o livro, Já Viveu Antes Desta Vida? E enquanto esse livro inspirou títulos de jornais aquando da sua publicação, a história agora confirma que esse livro marcou um ponto de viragem na direção de algo infinitamente mais significativo: o esclarecimento planetário sobre a realidade de vidas passadas, e assim, da verdade de que todos os indivíduos são seres espirituais.

« ACC Lectures